sexta-feira, 1 de junho de 2007

Seres do Inferno: a melhor piada do RPG brasileiro (sic)

Gostaria de parabenizar a Cozinha do Inferno pela sua criação máxima: Seres do Inferno. Pena que poucos são os capazes de apreciar o sutil humor por de trás dessa criação de aparente mau gosto. Os grandes pensadores da cozinha conseguiram, com maestria, sintetizar tudo que o RPG brasileiro (sic) é: pretensão sem conteúdo. Se houvesse um ENnie nacional, eu, sem sombra de dúvidas, indicaria e votaria nesse "livro" (as aspas se justificam mais abaixo) para algum prêmio. Se nas categorias desse ENnie tupiniquim houvesse uma de humor, a medalha de ouro ia ser barbada.

Esse produto vem a ocupar uma lacuna gigantesca nas prateleiras das livrarias: precisamos de mais e mais RPGs de demonologia. O público é cativo, muito inteligente e nunca vai deixar essa oportunidade passar. Golpe de mestre. Qual garoto não vai querer ter esse livro em sua estante? Lado a lado com o Livro de São Cipriano - o de capa preta, claro! -, livros de bruxaria lançados pela Ediouro nos anos 80 e a coleção completa de Cavaleiros do Zodíaco.

De todo o material, eu separo as maiores pistas para identificar a piada do século:

- As ilustrações feitas para parecerem desenhos em folhas de caderno de um aluno entediado. Desses que se sentem deslocados numa turma de pessoas "comuns". Na visão dele, é claro. Graças as maravilhas da computação gráfica conseguiram tirar as linhas da pauta azulada por de trás dos desenhos;

- A cadeia quadrupla do DNA demoníacos, chamados cromossomos W, X, Y e Z;

- A visão "Taoista" do universo é um deleite a parte. Como o primeiro ensinamento do Taoismo é que se você entende o Tao então você não entende o Tao (pois o Tao é tudo que é o Tao e tudo que não é o Tao também), Taoismo se tornou uma espécie de "arte". Quando você não sabe o que é uma coisa ou ela é arte ou é Taoismo.

Bônus para a pesquisa histórica, essencial para os RPGs de nível. Afinal, qualquer um pode ter uma idéia, mas apenas os realmente inteligentes param para desdobrá-la em diferentes conspirações ao longo da história da humanidade. A White-Wolf fez escola!

Assim como Charles Manson fez com o Paul Mccartney, gostaria de mandar um monte de telegramas para a Cozinha do Inferno dizendo "eu entendi". Dessa forma, creio que os tranqüilizaria sobre o medo de ninguém ter pegado o gancho, a graça e a leveza da piada ácida (como o sangue de Gorgónea) que está enganando multidões de jogadores de RPG. Como telegrama é coisa do passado, deixo aqui o meu "eu entendi" para os gênios da cozinha. Podem acreditar que alguém está rindo junto com vocês!

Ainda assim, a melhor parte é o mito gerado em torno de Seres do Inferno. Até agora ninguém viu, ninguém sabe, mas ele existe. Lendas do nível da mulher de branco começam a cercar a publicação. Não chegou a nenhuma loja que eu tenha conhecimento, mas muitos juram que já tiveram o livro na mão. Um primo, lá de João Pessoa, diz que um amigo dele viu o livro e desapareceu em seguida. Sendo encontrado semanas depois sem roupas e com ardência nas partes baixas. Um grande mistério.

Se você teve acesso a essa pérola do RPG brasileiro (sic), dê o seu testemunho. Com ou sem o detalhe das partes baixas.

9 comentários:

Christiano disse...

eu tive acesso ao seres do inferno, e estava achando legal, mas ai meus olhos foram queimados pelo desenhos podres e impuros do livro. Agora estou aprendendo Braile e uso windows com auxilio de um anão treinado.

Raphael disse...

Seres do Inferno chegou preenchendo a lacuna indesculpável deixada pela DB, que nunca fez uma matéria convertendo Urotsukidoji para d20, GURPS e 3d&t. Já era tempo de termos um produto nacional para fazer frente a F.A.T.A.L.

Thales disse...

Imagina a publicidade quando uma adolescente satanista explicar para o pai dela que ser sodomizada por 5 coleguinhas e um bode é culpa do RPG ou quando um jovem devedor da boca de fumo aparecer assassinado com um livro desses em mãos e o delegado dizer que é culpa do RPG, imagina a publicidade gratuita?

E por quê não vemos as crianças com esse livro em mãos? Porque elas não tem coragem para lidar de verdade com o mundo demoníaco, eles querem fantasias de vampiro, lobisomem e achar que são maus o bastante, ninguém quer adentrar o mundo sombrio de Seres do Inferno... nem muito menos o do Exu Caveira

Carol Bonando disse...

É a primeira vez que entro no blog de vocês... e acho uma ótima idéia ter como discutir o assunto RPG.
Joguei poucas vezes... mas todos os momentos durante o jogo, eram incríveis. Peninha que não conheço quase ninguém ainda no RJ, ainda mais que jogue RPG... estou com saudade de virar madrugadas interpretando e rindo muito...
Beijo!

JMTrevisan disse...

Duas palavras: eu tenho.

Cheers!

T.

Felipe disse...

Muito bom! Muito bom! Adorei o texto e bem... Pobres dos criadores, primeiro foi a lavada lá na rede rpg aonde eles mesmos anunciavam. Agora eu vejo isso...

(impressão minha ou vocês deixam só a galera do blogger se identificar aqui? E os blogueiros do wordpress ou que tem dominio próprio? Sacanagem!)

Tsu disse...

Pow galera,
temos que incentivar a produção nacional de RPGs..hehe...e não ficar zuando pq os desenhos são toscos e o texto também...HUAHAUHAUAAAAAAA....

desculpe...não aguentei...

opiumseed disse...

Pronto, agora os comentários foram liberados para usuários com IDs registradas em outros domínios.

Phil Souza disse...

Na realidade se o blog tiver domínio proprio ele não consegue entrar a menos que ele tenha uma OpenID do endereço do site dele. Como eu tenho eu estou conseguindo escrever aqui.

O blogger só deixa você colocar nome e url diretamente se você permitir entradas anônimas, o que é bem chato... Isso deve ser corrigido pelo pessoal que administra o blogger. espero...